Pesca Lúdica
Pesca Lúdica

CONHEÇA A PESCA SUBMARINA

Adora nadar e estar em contato com a natureza? Este é o tipo de pesca ideal para si! 

A pesca submarina, também descrita como caça submarina, é uma das modalidades subaquáticas mais populares em Portugal. É uma atividade desportiva e de lazer que envolve a caça de peixes utilizando técnicas de mergulho livre, conhecido como apneia.

A realização da pesca submarina requer o uso de alguns equipamentos para ser praticada, como por exemplo: a máscara, o tubo, as barbatanas, o fato de mergulho, as meias, as luvas, o cinto com lastro, a boia ou prancha de sinalização, a lanterna, bem como diversos equipamentos complementares ou de apoio, nomeadamente, embarcação. 

A captura de peixes é feita no seu habitat natural, através da utilização de um arpão ou arma. A mais utilizada é o arbalete, que tem um funcionamento simples, através de elásticos e é silenciosa. As armas pneumáticas também são bastante usadas pelos praticantes e funcionam através do ar bombeado dentro delas.

Alguns estudos apontam que é o tipo de pesca que menos causa impacto ambiental, porque o caçador pode selecionar o peixe que irá caçar, protegendo e excluindo as espécies raras ou ameaçadas de extinção. 

Onde praticar pesca submarina?

O melhor local para a prática da pesca submarina exige a combinação dos seguintes fatores: 

  1. Boa variedade de peixes (como robalo, garoupa, badejo, olhetes e sargo);
  2. Boa visibilidade dentro da água; 
  3. Ter um fundo rochoso para abrigar a caça.

Como praticar esta atividade em segurança? 

Na Pesca Submarina, o pescador está completamente fora de seu ambiente natural e deve adaptar-se de acordo com as regras do ambiente marinho e selvagem ao qual está exposto. Os pescadores submarinos atuais enfrentam riscos, como a falta de oxigénio, atropelamento de barcos, problemas de saúde relacionados com o mergulho e ataque de algumas espécies marinhas. Nenhuma dessas ameaças deve ser subestimada e, por isso, selecionámos algumas dicas de segurança para que possa praticar esta modalidade em segurança:

Use equipamentos adequados

A primeira regra de segurança na pesca submarina é não esquecer de usar os equipamentos obrigatórios: 

  • Utilize barbatanas para facilitar o mergulho. Opte pelas mais longas, para que a água não fique tão agitada e não afaste os peixes.
  • Leve sempre uma boia de sinalização. É o meio mais eficaz de sinalizar a outros pescadores e embarcações de que existe um mergulhador naquele local. Isso evita possíveis atropelamentos e acidentes e serve também para pendurar equipamentos utilizados durante o mergulho. 
  • Outro equipamento indispensável é máscara de mergulho. Para além de dar uma visão nítida do fundo do mar, facilita a descompressão da face e do ouvido.
  • Como se trata de um desporto que necessita de camuflagem e acontece em temperaturas mais amenas, é preciso utilizar um fato que evite que o corpo perca o calor durante o mergulho prolongado. Desta forma, evitará a hipotermia e protegerá a pele de possíveis perigos que o fundo do mar pode oferecer.
  • Não se esqueça do respirador, conhecido como snorkel, que é o único esquipamento de respiração permitido no mergulho livre. É um tubo com cerca de trinta centímetros que contém um bucal. O mergulhador consegue respirar pela boca, sem levantar a cabeça da água, o que garante que o atleta consiga passar mais tempo dentro da água sem prejudicar a saúde. 

Não mergulhe sozinho. 

Caso seja iniciante, procure um parceiro com experiência e que domine técnicas de resgate e primeiros socorros. Para além de ajudar em situações de emergência, irá passar os conhecimentos necessários para que pratique o exercício da forma mais correta e em segurança.

Não se aventure

Tenha em mente que no fundo do mar qualquer situação inesperada pode acontecer. Por isso, não gaste oxigénio desnecessariamente e não faça algo que exija muita força, porque caso aconteça algum problema, não terá força suficiente para retornar à superfície. Mantenha o contato visual com o seu parceiro pelo menos 20 segundos após ele ter regressado de um mergulho em apneia. Há muitos registos de desmaios após alguns segundos do retorno à superfície

Faça intervalos para comer e descansar 

A pesca submarina é uma atividade muito exigente para o corpo e para a mente. Apesar de não parecer, o pescador gasta muitas calorias e acaba por ficar desidratado sem se aperceber. Posto isto, realize pausas a cada duas horas de mergulho para se alimentar e hidratar. Se possível, prefira alimentos mais leves como frutas e lanches naturais, para que o estômago não fique pesado durante o mergulho.

Não incline a cabeça na descida e na subida

Esta é a regra mais importante na pesca submarina. Evite olhar para baixo durante a descida (salvo para evitar colisões com o fundo) e para cima durante a subida (salvo para evitar colisões barcos e outros objetos na superfície). A inclinação da cabeça, além de prejudicar o hidrodinamismo, dificulta a equalização durante a descida e reduz o fluxo sanguíneo para o cérebro. Inclinar a cabeça também aumenta a pressão de O2 nos pulmões. Esta técnica só é usada em situações específicas por atletas preparados.

Evite mais do que 2 mergulhos profundos por dia

Ao realizar um mergulho profundo, o pescador está exposto a uma pressão atmosférica muito maior do que na superfície, o que vai sobrecarregar o seu organismo e, numa situação de emergência, prejudicará a capacidade física e mental. Por isso, não é indicado que realize mais de dois mergulhos profundos no mesmo dia. 

Evite o consumo de álcool ou drogas

O consumo álcool e drogas, independente da quantidade ingerida, tem um efeito imediato e comprovado no nosso sistema nervoso central e no nosso corpo, diminuindo a atenção, agilidade, coordenação e discernimento, causando mais exaustão e fadiga. A ingestão recente de álcool pode também contribuir potencialmente para a desidratação, o que pode ser um fator de risco para a doença descompressiva. A respiração do ar seco, juntamente com a imersão e as temperaturas frias, podem aumentar uma desidratação pré-existente. Também deve evitar realizar mergulhos se estiver engripado ou congestionado, já que terá maior dificuldade para respirar e sobrecarregará os pulmões.

Avalie o local antes de pescar 

Antes de pescar, procure analisar com antecedência as condições do mar, a previsão do tempo e as possíveis alterações climáticas. Não se esqueça também de se informar sobre as leis de pesca submarina no país onde vai pescar. Caso seja em Portugal, visite o site da DGRM para saber mais informações sobre as zonas, utensílios de pesca, limites de captura e espécies. 

Fontes: http://www.fpas.pt

Praticou pesca embarcada e/ou submarina nos últimos 15 dias? Participe no inquérito da temporada da primavera ’22

Related posts

COMO OBTER UMA LICENÇA DE PESCA LÚDICA?

admin

3ª ETAPA: COMPORTAMENTOS AO LONGO DO ANO

admin

2ª ETAPA: ENTREVISTAS NO TERRENO

admin